Estado define novo calendário de vacinação em SP

Novas vacinas contra infecções respiratórias e meningite foram incluídas. Dose contra hepatite B será dada até os 24 anos

Agência Estado |

selo

São Paulo terá um novo calendário oficial de vacinação pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que começa a valer em todo o estado, a partir de 2011. São três novidades em relação ao calendário atual.

Haverá a inclusão da vacina pneumocócica 10-valente, que protege crianças contra uma bactéria causadora de infecções respiratórias, e da meningocócica, que imuniza contra a meningite C.

Outra mudança é a ampliação da idade para imunização contra a hepatite B, agora disponível para os paulistas de 1 a 24 anos. Antes, apenas jovens de até 19 anos tinham direito a esta vacina. As alterações seguem diretrizes preconizadas pelo Ministério da Saúde.

As vacinas do calendário da rede pública contemplam todas as faixas etárias e é importante que toda a população esteja atenta aos reforços necessários durante toda a vida. Todas as vacinas são oferecidas gratuitamente.

A vacina dupla adulto, contra difteria e tétano, por exemplo, deve ser tomada a cada 10 anos. Do total de casos de tétano acidental registrado no estado nos últimos cinco anos, praticamente todos os casos foram em adultos maiores de 30 anos (99,9%).

A vacina contra a febre amarela também tem validade de uma década, sendo indicada para as pessoas que vão viajar ou residem em áreas consideradas de risco.

“Os jovens e adultos precisam se conscientizar de que vacinação não é apenas para crianças. É um ótimo meio de prevenção de doenças, disponível gratuitamente para todos”, explica Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde.

As vacinas estão disponíveis nos postos de saúde, que abrem rotineiramente de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

    Leia tudo sobre: saúdevacina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG