Ação do Projeto Encontros quer aproximar o usuário da música. Há instrumentos nas estações Santana, Tamanduateí, Largo Treze e Sé

Usuários das estações Santana (Linha 1- Azul), Tamanduateí (Linha 2- Verde), Largo Treze (Linha 5- Lilás) e Sé, em São Paulo, puderam dar uma paradinha e tocar piano. Os instrumentos foram colocados no mezanino dessas estações como mais uma ação do Projeto Encontros e podem ser utilizados até o o fechamento, à meia-noite.

O projeto tem a intenção de aproximar o público metroviário da arte e já organizou exposições de obras de arte permanentes e temporárias. Existem espaços reservados para esses eventos culturais nas estações Paraíso (Linha 1- Azul), Santa Cecília, Corinthians-Itaquera e Artur Alvim, da Linha 3- Vermelha.

O presidente do Metrô, Sérgio Avelleda, acredita que os pianos vão atrair tanto usuários com formação musical quanto curiosos. Para ele, a intenção “é tornar mais agradável o ambiente nas estações e privilegiar a arte, em suas diversas manifestações”.

Piano pode ser usado por usuários do metrô, em São Paulo
Divulgação
Piano pode ser usado por usuários do metrô, em São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.