Empresário acusado de acidentes é indiciado por tentativa de homicídio

Michel Goldfarb Costa, acusado de provocar uma série de acidentes em São Paulo, também foi indiciado por tentativas de latrocínio e porte ilegal de arma

iG São Paulo |

Helio Torchi/Futura Press
Empresário é acusado de série de crimes em São Paulo
O administrador de empresas Michel Goldfarb Costa, de 34 anos, suspeito de provocar uma série de acidentes em São Paulo na manhã de segunda-feira (9), está detido e foi indiciado por tentativas de homicídio e latrocínio e porte ilegal de arma. Ele prestou depoimento nesta quinta-feira no 26° Distrito Policial (Sacomã) .

Goldfarb se apresentou à polícia na noite de quarta-feira (11) , por volta das 20h, acompanhado do advogado e da namorada, fez exames no Instituto Médico Legal (IML) e passou a noite na carceragem do 77º DP, onde cumpre prisão temporária de 10 dias, decretada pela Justiça na terça-feira (10).

Prisão: Polícia pede prisão de suspeito de provocar acidentes em São Paulo

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o delegado titular do 26º DP, Marcos Antonio Manfrin disse que o administrador confirmou ter roubado os carros e efetuado os disparos.

Sequência de crimes

Segundo a polícia, o administrador deixou sua casa, em Cotia, armado e usando um colete a prova de balas. Dirigindo um Corolla prata, roubou carros, atirou contra pessoas e provocou tumulto em diversos pontos de São Paulo. A série de acidentes começou após ele roubar um táxi, na Avenida dos Bandeirantes, no Campo Belo, zona sul da cidade. Após outros roubos de carros, ele continuou atirando e deixou três pessoas feridas. Depois fugiu.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG