Em Suzano, quatro são presos após arrastão em boate

Quarteto foi reconhecido pelas vítimas e os objetos roubados, como carteiras, dinheiro e celulares levados foram recuperados

AE |

selo

Quatro pessoas foram presas em flagrante, na madrugada desta quarta-feira, em Suzano, na Grande São Paulo, acusados de praticar um arrastão em uma danceteria da cidade. O quarteto foi reconhecido pelas vítimas e os objetos roubados, como carteiras, dinheiro e celulares levados dos clientes foram recuperados. Um quinto integrante do grupo conseguiu fugir. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), após o assalto, os policiais chegaram à boate, localizada na avenida Major Pinheiro Froes. Na mesma avenida, abordaram o metalúrgico A.V.O., de 22 anos, que dirigia um veículo. Durante a abordagem, o celular de A. tocou. Um dos PMs atendeu e, fingindo ser o metalúrgico, descobriu que outros três envolvidos no assalto estavam em um matagal na rua da Prata, no bairro Monte Cristo. 

Foi organizado um cerco no local, e os policiais prenderam o desempregado D.R.O., o instalador E.E.L. e o pintor J.V.V.P., todos de 19 anos. Foram apreendidas três armas de fogo com eles.

    Leia tudo sobre: arrastãocasa noturnacriminosos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG