Em SP, total de mortes por catapora mais que dobra em 2010

Em apenas nove meses, a secretaria contabilizou 1.572 surtos, ante 1.315 em 2009

AE |

selo

A catapora (ou varicela) matou 16 crianças, com idades entre 1 e 9 anos, em todo o Estado de São Paulo desde o início deste ano até 14 de setembro - data da última atualização feita pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O número de óbitos mais que dobrou em comparação com o ano passado, quando sete crianças morreram de catapora. Em apenas nove meses, a secretaria contabilizou 1.572 surtos, ante 1.315 em 2009.

O Guarujá, onde um menino de 6 anos morreu há 15 dias, registrou 18 surtos da doença, que totalizaram 186 casos confirmados, de acordo com a diretora de Vigilância e Saúde do município, Ana Terezinha Lopes Plaza. Em 2009, foram 6 surtos com 77 casos. Segundo ela, o número pode ter crescido por causa do atraso da SES na entrega das vacinas.

A pasta havia admitido no mês passado a falta das doses desde o início de setembro. Ontem, confirmou que ainda não há prazo para repor os estoques. O agravamento da doença é raro, mas especialistas confirmam que pode haver complicações, como infecções de pele, nas vias respiratórios e no sistema neurológico, que podem matar. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: catapora

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG