Em SP, crianças são encontradas acorrentadas em casa

Segundo a polícia, pai alegou que acorrentava os filhos de 8 e 9 anos para que eles não fugissem enquanto ele fosse trabalhar

AE |

selo

Dois meninos, de 8 e 9 anos, foram encontrados, após denúncia anônima, acorrentados na manhã de quinta-feira dentro de uma residência no Jardim Vila Galvão, na região do Jaçanã, zona norte da capital paulista. O pai das crianças disse que as acorrentou por elas fugirem sempre que ele ia para o trabalho para cometerem "pequenos furtos".

De acordo com o delegado Antônio Carlos Cori Sobrinho, do 73º DP, para onde o caso foi encaminhado, além da dupla, outras seis crianças, com idade entre 4 e 15 anos, estavam dentro de casa livres. Uma delas possui síndrome de Down. A mãe das crianças morreu.

Ao delegado, o pai das crianças contou que certa vez os dois fugiram de casa e ficaram três dias sumidos, quando foram encontrados dentro de uma favela. As correntes evitariam que eles pulassem os muros da casa. A residência apresentava péssimo estado de conservação e higiene, segundo Antônio Carlos. o caso será investigado e o pai pode ser denunciado por maus-tratos.

    Leia tudo sobre: crianças acorrentadasfilhoscasafuga

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG