Em São Paulo, homicídios caem e latrocínios crescem

Apesar de comemorar mais uma redução no número de homicídios, de janeiro a maio, Estado registrou mais roubos seguidos de morte

iG São Paulo |

O número de homicídios dolosos voltou a cair em São Paulo, de acordo com as estatísticas mensais da criminalidade, divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública do Estado. Já os latrocínios, que são os roubos seguidos de morte, aumentaram, até maio, de 119 para 141 casos - uma alta de 18,49%.

O crescimento no número de latrocínios indica uma maior violência cometida pelos criminosos durante as práticas de roubo, já que a maioria dos crimes contra o patrimônio não apresentou crescimento. Segundo o balanço, caiu em 821 o número de roubos em geral no Estado, nos cinco primeiros meses, o que corresponde a uma queda de 0,84% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos últimos 12 meses, os roubos mantiveram tendência de queda de 4,54%, com 11.041 casos a menos no Estado. Destaque para a capital, com 6.676 roubos a menos.

Segundo a SSP, o latrocício tem merecido especial atenção da secretaria e das polícias. Historicamente, representava 0,1% do total de roubos – um latrocínio para cada 1.000 roubos. As polícias recomendam às vítimas de roubo que não reajam.

Homicídios

As estatísticas mais recentes do Estado, divulgadas nesta segunda-feira, mostram que, pelo quinto mês consecutivo, o número de homicídios em São Paulo ficou fora da zona epidêmica. Em maio, foram registradas 337 mortes intencionais no Estado – 29 a menos que em maio de 2010. De janeiro a maio, a quantidade de crimes contra a vida caiu 14,63% no Estado, de 1.982 casos, nos primeiros cinco meses de 2010, para 1.692 este ano – 290 casos a menos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera epidemia 10 ou mais mortes intencionais por grupo de 100 mil habitantes/ano. A taxa de homicídios desses primeiros cinco meses no Estado é de 9,73/100 mil. Mantida a tendência, São Paulo fechará o ano pela primeira vez fora da zona epidêmica, depois de uma redução de mais de 70% desde 1999. A taxa de homicídios do Brasil é de 25/100 mil.

Nos últimos 12 meses, o Estado teve 528 homicídios a menos – queda de 11,59%. Foram registrados 4.556 crimes contra a vida no Estado, de junho de 2009 a maio de 2010, contra 4.028 de junho de 2010 a maio de 2011.

    Leia tudo sobre: violênciahomicídiolatrocínio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG