Durante briga de gangues, tiro atinge ônibus de estudantes

Pelo menos 10 pessoas já morreram nas brigas entre duas gangues da cidade de Andradina que ocorrem desde 2008

AE |

selo

Um ônibus escolar com 25 estudantes de 5ª a 8ª séries foi atingido por uma bala perdida na tarde desta quarta-feira durante tiroteio entre membros de duas gangues de Andradina, interior de São Paulo. O ônibus, da frota escolar da prefeitura, transportava estudantes de duas escolas quando foi atingido no lado direito do para-brisas dianteiro. O disparo ocorreu quando o ônibus estacionou na escola municipal de educação infantil Maria Elizabeth Venturolli Pinese, na praça João Leite, na Vila Mineira, periferia da cidade.

Leia também: Briga de skinheads deixa feridos em São Paulo

O episódio é mais um da história de uma briga de duas gangues dos bairros Benfica e conjunto Pereira Jordão, da periferia de Andradina. Os confrontos ocorrem desde 2008, quando tiveram início com uma briga entre duas estudantes na saída da aula. De lá para cá, ao menos 10 pessoas morreram, duas delas que não tinham relação com os confrontos, atingidas por balas perdidas. Outras 20 pessoas ficaram feridas nos tiroteios. Os líderes das gangues, que antes tinham apenas rixas de delinquência juvenil e buscavam vingança por mortes de colegas, hoje disputam pontos de vendas de drogas na região.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG