Criminosos fizeram compras e saques em caixas eletrônicos com os cartões das vítimas

selo

Dois dos quatro criminosos suspeitos de manter refém por duas horas um casal vítima de sequestro relâmpago foram presos na quinta-feira, por volta das 23h30, em São Caetano do Sul, no ABC, por policiais militares da 3ª Companhia do 21º Batalhão, da capital paulista.

Hugo Balsani Ferreira, de 25 anos, e Artur Costa Augusto, de 20 anos, que ocupavam a picape L200 Mitsubishi vermelha, das vítimas, foram perseguidos desde a região da Mooca, na zona leste de São Paulo, até a Rua Heloísa Pamplona, no bairro Fundação, em São Caetano.

O casal, segundo a polícia, foi abordado por quatro suspeitos, que estavam em um Golf, na porta de casa de uma das vítimas, na Mooca. Obrigado a permanecer na picape, o casal ficou refém de Hugo e Artur, pois os comparsas da dupla deram sequência na ação com o próprio veículo.

Foram duas horas de compras e saques em caixas eletrônicos com os cartões das vítimas, que acabaram liberadas após um dos pneus da picape furar. Policiais militares foram acionados por um parente do casal que, ciente do ocorrido com as vítimas, cruzou com a picape e ligou para o 190. Os outros dois criminosos continuam foragidos. O caso foi encaminhado ao Distrito Policial Sede de São Caetano do Sul.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.