Dupla da Rocinha é presa em SP com cartões clonados

Segundo a polícia, jovens compravam ingressos no valor de R$ 20 mil em casa de shows de SP com cartõs clonados

AE |

selo

Dois jovens moradores da Rocinha, a maior favela do Rio de Janeiro e da América Latina, foram detidos no fim da noite de terça-feira no momento em que compravam cem ingressos, no valor total de R$ 20 mil, em uma casa de shows na rua Funchal, na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo.

Segundo policiais da Delegacia de Repressão a Estelionato do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), Aquiles Rodrigues de Souza, de 18 anos, e Francisco Luis Pereira Souza, de 23 anos, compravam, usando cartões de crédito clonados, ingressos e produtos para espetáculos de grande porte e os revendiam pela metade do preço para cambistas.

Os cartões, segundo o delegado Márcio Tossati, do Deic, eram clonados com informações obtidas pela quadrilha junto a instituições financeiras. "O funcionário de um posto de gasolina em Jacarepaguá, no Rio, capturava as informações e senhas, e depois fornecia aos dois", afirmou. Um terceiro suspeito conseguiu fugir ao perceber a aproximação dos policiais. Um automóvel foi apreendido no local.

    Leia tudo sobre: cartões clonadosprisãorocinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG