Dupla abre fogo contra barraca de cachorro quente em São Paulo

Quatro pessoas foram surpreendidas pelos tiros e duas acabaram baleadas. Suspeitos fugiram em uma moto e estão foragidos

AE |

selo

No final da noite de ontem, no momento em que se preparavam para comer um cachorro quente, junto a uma barraca montada em uma rua no Jardim Taboão, na zona sul de São Paulo, limite com a cidade de Taboão da Serra, quatro pessoas, entre elas um casal de namorados, foram surpreendidas por tiros disparados por dois ocupantes de uma moto, de placa e modelo não anotados.

Encapuzados, os criminosos pararam em frente ao ponto de venda de hot-dog e abriram fogo. Foram baleados Diego Alves dos Santos, de 26 anos, e um segundo homem, que seria o dono da barraca, atingindo por dois tiros.

Ambas as vítimas foram encaminhadas por policiais da 5ª Companhia do 16º Batalhão e continuam internadas. Segundo a manicure Daniela Lourenço, de 23 anos, os médicos disseram que o namorado dela, que trabalha como comerciante, apesar de atingido no rosto, costas e em um dos braços, não corre risco de morte.

"Foi muito rápido. Quando ouvi os tiros saí correndo. Depois que tudo terminou, olhei para trás e vi meu namorado baleado. Não tenho ideia do porquê dos tiros", disse Daniela. Os dois atiradores continuam foragidos. O caso foi registrado no 89º Distrito Policial, do Portal do Morumbi. Até as 3h30 desta madrugada, tanto os policiais militares que foram para o local como os policiais civis de plantão da delegacia se recusavam a fornecer mais informações.

    Leia tudo sobre: são paulotiroteiocrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG