Dono de viação é preso por usar ônibus clonados em São Paulo

Segundo a polícia, os veículos roubados deviam ser usados para transportar familiares de presos em dias de visita

AE |

selo

O dono de uma empresa de ônibus foi preso nesta quinta-feira por receptação em São Paulo. A polícia descobriu que o empresário utilizava veículos clonados para transportar os clientes. Os ônibus seriam roubados ou furtados em outros Estados e alguns eram equipados com motores roubados de caminhões.

Leia também: Polícia fecha desmanche em São Paulo

A detenção aconteceu na sede da empresa, em Itaquera, zona leste da capital paulista. Os policiais investigavam o esquema há cerca de um mês. As informações levaram a equipe até a empresa, instalada na rua Vitório Santin.

Os investigadores encontraram adulterações em seis ônibus e apreenderam uma van roubada em Poá, na Grande São Paulo. O veículo apresentava queixa desde 2009. A equipe deteve ainda um encarregado de 35 anos. Segundo a polícia, a suspeita é que a principal atividade da empresa fosse o transporte de familiares de presos até as unidades prisionais para visitas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG