Distritos policias de SP passam a registrar ocorrências não criminais

Com mudanças no padrão de atendimento da Polícia Civil de São Paulo, população poderá registrar problemas com TV e internet

iG São Paulo |

A primeira etapa do “Novo Sistema de Gestão Humana e Material das Unidades Territoriais da Polícia Civil da Capital” começou nesta segunda-feira em distritos policiais das zonas norte e leste de São Paulo, com o objetivo de tornar o registro de ocorrências mais rápido. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), essa etapa dura 45 dias. No mês de agosto, as mudanças devem ser estendidas para as outras regiões da cidade.

As principais mudanças com o novo sistema são: a criação do SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) da Polícia Civil, que vai receber reclamações durante 24 horas, alteração na carga horária de trabalho dos funcionários e reforço de policiais nos horários de pico, diminuindo o tempo de espera e agilizando o registro de ocorrências.

Além disso, a partir desta segunda-feira, os distritos vão receber queixas não apenas criminais, mas que envolvam problemas como falta de água e luz e com empresas de TV e internet. Essas reclamações podem ser feitas pela Delegacia Eletrônica, na delegacia em formulário próprio ou com a ajuda de um policial. Após o registro, os casos são analisados pelo delegado responsável e, caso haja indício de crime, investigados. Se a reclamação não for criminal, será encaminhada aos órgãos responsáveis. Outra novidade é que os boletins de ocorrência sobre acidentes de trânsito poderão ser feitos pelo site da SSP.

Motivo das mudanças

Segundo a SSP, essas mudanças no padrão de atendimento da Polícia Civil foram definidas após visitas em campo, entrevistas e estudos da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e do Instituto Nacional de Desenvolvimento Gerencial (INDG), que mostraram que quando uma vítima decide comparecer à delegacia para registrar uma ocorrência, a demora no atendimento é grande. Do lado dos policiais, foi identificado que o excesso de trabalho e a falta de uma rotina imposta por uma carga horária pouco flexível causava desmotivação.

    Leia tudo sobre: distritos policiaismudançaocorrências

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG