Desrespeito a pedestre gera 30 multas por hora em São Paulo

Na primeira semana de fiscalização mais intensa contra desrespeito aos pedestres, CET contabiliza 2.270 autuações

iG São Paulo |

Um motorista foi multado a cada dois minutos por não respeitar os pedestres na primeira semana de fiscalização mais intensa desse tipo de infração em São Paulo. O balanço da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) aponta que foram feitas 2.270 autuações entre segunda-feira (8) e o meio-dia do último sábado (13). A fiscalização é feita durante 14 horas diárias. A CET intensificou na semana passada a fiscalização contra infrações que colocam em risco os pedestres na região do centro e da Avenida Paulista. Houve reforço de 154 agentes para essas atividades - nem todos exclusivos para isso -, que atuaram em esquema de rodízio para monitorar 78 cruzamentos.

A aplicação de multas começou em ritmo lento, com cerca de 200 registradas no primeiro dia. Na sexta-feira, no entanto, esse número mais do que duplicou e ficou em torno de 500. Mas a análise da quantidade de multas aplicadas em média por dia e o números de marronzinhos na fiscalização aponta que cada um deles registrou entre três e quatro infrações - o que poderia ser considerado baixo, por causa do grande desrespeito ainda presenciado. 

Leia também: Em 1º dia de multas, SP tem mais atropelamentos que a média de 2010

"É preciso levar em conta que nem todos esses agentes estão ali exclusivamente para flagrar essas infrações. Muitos deles estão sendo compartilhados com outras atividades", diz o diretor de Operações da CET, Eduardo Macabelli. Ele também ressalta que alguns cruzamentos são mais movimentados e por isso a quantidade de multas varia de um cruzamento para outro. 

Por outro lado, a quantidade de multas aplicadas na semana passada, em apenas uma região, já é o dobro do total registrado em toda a cidade por conta dessas infrações no ano passado (foram 1.009). Nesse ritmo, a CET projeta que sejam registradas até 10 mil por mês, o que colocaria essas infrações na sexta colocação do ranking de multas - atrás apenas de excesso de velocidade, rodízio e registros de estacionamento irregular.

Flagras

Na segunda-feira (8), primeiro dia da intensificação das multas, a reportagem do iG percorreu alguns cruzamentos da região central para acompanhar as ações dos motoristas e inclusive flagou uma viatura da CET desrespeitando os direitos dos pedestres . Em todos os locais, o assunto “respeito aos pedestres” era o mais comentado. No cruzamento das avenidas Paulista com Brigadeiro Luís Antônio, região central, a situação era considerada tranquila por um agente da CET. Para ele, “os motoristas estão atentos e percebem a importância da campanha”.

Para quem deixar de dar preferência aos pedestres sobre a faixa de segurança ou não dar preferência quando as pessoas a pé não terminaram de atravessar uma rua as multas são consideradas infrações gravíssimas com o valor de R$ 191,53 e perda de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Não dar a preferência aos pedestres quando o motorista vira em uma rua transversal é considerada infração grave, sujeita a multa de R$ 127,69 e acrescenta 5 pontos na CNH.

*com AE

    Leia tudo sobre: programa tavessia seguracetbalançoinfográfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG