Cidade paulista, recordista de casos, acumula cinco óbitos

A Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto (SP) confirmou mais duas mortes por dengue. Ambas, de homens, ocorreram no fim de semana.

As vítimas tinham 54 anos (quadro de cirrose hepática e dengue, morreu com pneumonia) e 84 anos (tinha pneumonia). A cidade computa neste ano cinco mortes e 14.258 casos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.