Armado com duas pistolas, ex-policial civil Fábio Agostino Macedo mata Denise Quioca e se entrega sem resistir

selo

A delegada Denise Quioca, que estava de plantão nesta madrugada no 1º Distrito Policial de Guarulhos, na altura do nº 244 avenida Monteiro Lobato, na Vila Miriam, região central da cidade, foi morta com vários tiros, dentro da sala dela, pelo ex-namorado e ex-policial civil Fábio Agostino Macedo, de 33 anos. 

Armado com duas pistolas, o assassino entrou no distrito, foi até a sala da vítima e, durante a discussão, teria descarregado as duas armas contra a delegada, que morreu no local.

Sem resistir, Fábio se entregou aos policiais subordinados à delegada e já está na carceragem. Segundo um policial militar, Denise era casada com um oficial da PM e já havia registrado, contra o ex-namorado, várias queixas de ameaça.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.