Nesta quarta-feira, oito casas foram demolidas; o buraco se abriu após o curso de um córrego ser desviado

selo

Cratera se abre após uma casa desabar sobre um córrego depois da chuva
AE
Cratera se abre após uma casa desabar sobre um córrego depois da chuva
Uma cratera comprometeu a estrutura de 40 casas na altura do número 1090 da Rua Doutor Flávio Américo Maurano, dentro da favela de Paraisópolis, zona sul de São Paulo. De acordo com a Defesa Civil, oito casas já foram demolidas na manhã desta quarta-feira.

O buraco de três metros e meio de diâmetro e dois metros de profundidade se formou na última terça-feira, após. Segundo informações da Defesa Civil, o curso do córrego foi desviado e causou a abertura do buraco.

Sul e Sudeste têm previsão de queda nas temperaturas nesta quarta-feira

A Defesa Civil não soube informar quanto tempo a demolição das 40 casas irá demorar para acontecer. As famílias desabrigadas passam por um cadastro para receber um auxílio da Prefeitura, segundo informações do órgão.

O local está isolado, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), e nenhum veículo passa pela região. A companhia informa que o desvio, no sentido bairro, é feito pela Rua Jesuíno de Abreu, e no sentido centro, pela Enerte Renan.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.