Corpo encontrado no Rio Tietê é de torcedor do Corinthians

Testemunhas afirmam que vítima estava desaparecida desde sábado (27) após ser agredida por integrantes da torcida do Palmeiras

iG São Paulo |

O corpo encontrado na segunda-feira (29) à tarde no Rio Tietê , na altura da Ponte da Casa Verde, é do jardineiro Douglas Karin Silva, de 27 anos. Silva foi encontrado por amigos e familiares após estar desaparecido por dois dias. Testemunhas dizem que torcedores do Palmeiras cometeram o crime. Segundo depoimentos à polícia do 28º DP, no sábado, Silva estava com mais dois amigos em um evento na quadra da Gaviões da Fiel, torcida do Corinthians.

Ao deixar o local, Silva e amigos receberam a informação que um grupo de torcedores do Palmeiras estava na região da quadra, para onde teria ido um ônibus da Gaviões e ocorrido uma briga entre as torcidas. Os amgos, que estavam com Silva, contam que tentaram se afastar da confusão, mas foram abordados por um "grupo palmeirense". Eles tentaram fugir, mas Silva foi agredido na cabeça. Ainda no sábado à noite, os amigos registram um Boletim de Ocorrência com o desaparecimento do jardineiro no 89º DP, no Jardim Taboão.

Na segunda-feira, os amigos e familiares de Silva decidiram realizar uma busca rápida na região onde a vítima foi vista pela última vez. O corpo foi encontrado às 14h30 boiando no Rio Tietê. Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local. A Delegacia de Proteção à Pessoa (DHPP) já assumiu as investigações do caso.

    Leia tudo sobre: violênciatorcida organizadacorinthianspalmeiras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG