Empresa responsável pela inspeção veicular em São Paulo entra com recurso para garantir reajuste integral na tarifa de vistoria

A Controlar, empresa responsável pela inspeção veicular na cidade de São Paulo, entrou nesta quarta-feira com recurso na prefeitura para exigir o aumento na tarifa de vistoria para 2011.

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente decidiu manter inalterado o valor da taxa de R$ 56,44 para o próximo ano. A Controlar quer o reajuste integral de 11,32%, referente a evolução do IGP-M em 2010. A nova tarifa sairia por R$ 62,82.

“A concessionária está confiante que o direito de reajuste anual assegurado pelo Contrato de Concessão será respeitado, após a análise dos argumentos apresentados”, afirma a Controlar, em nota.

Para a prefeitura, a Controlar não apresentou um "estudo de reequilíbrio econômico financeiro do contrato" à Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. A empresa diz que não existe essa exigência, mas, mesmo assim, entregará o estudo o mais breve possível, disse na nota.

Leia também: Reajuste da taxa de inspeção veicular em SP é adiado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.