Conselho tutelar em São Paulo volta a funcionar após depredação

Grupo de crianças apreendido pela Polícia Militar depredou o local após saber que seriam transferidos para abrigos diferentes

AE |

selo

AE
Funcionários trabalham na limpeza do Conselho Tutelar da Vila Mariana nesta terça-feira
O Conselho Tutelar da Vila Mariana, em São Paulo, voltou a funcionar normalmente na tarde desta terça-feira depois de ser depredado por cinco meninas e dois meninos. O local ficou fechado nesta manhã para perícia do Instituto de Criminalística. 

O grupo de crianças foi apreendido pela Polícia Militar (PM) na noite de segunda-feira após tentarem fazer um arrastão em um hotel no Paraíso, zona sul de São Paulo. Eles foram levados para o 36º DP (Vila Mariana), mas acabaram sendo encaminhados para o Conselho Tutelar da região. 

A confusão começou quando os jovens foram informados que iriam para abrigos diferentes. Eles destruíram móveis e jogaram objetos contra as pessoas que estavam no local. Segundo o Conselho Tutelar da Vila Mariana, dois jovens foram levados para a Fundação Casa e o restante para diferentes abrigos.

    Leia tudo sobre: menoresabrigosconselho tutelar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG