Comerciante é morto em suposto assalto em São Paulo

Polícia acredita que Edivan Duarte tenha sido abordado por assaltantes e tentado fugir

AE |

selo

O comerciante Edivan Moreira Duarte, de 55 anos, foi encontrado morto, com um tiro na cabeça, por volta das 22h15 na segunda-feira (30), dentro de seu veículo, que se chocou contra uma árvore na rua Abraão Mussa, no Jardim Patente, região de Heliópolis, na zona sul de São Paulo.

Policiais militares da 1ª Companhia do 46º Batalhão foram acionados para o local após serem informados sobre um acidente de carro. Ao chegarem, verificaram que o motorista já estava morto e com um ferimento por disparo de arma de fogo. O tiro teria atravessado o vidro lateral antes de atingir a vítima.

A esposa de Edivan disse aos policiais que, uma hora antes, o marido havia ligado dizendo que estava saindo do trabalho e que iria passar em uma lanchonete de uma tradicional rede de fast food para comprar algo, pois estava com fome.

A polícia acredita que o comerciante tenha sido abordado por assaltantes, tentou fugir, foi baleado e, mesmo ferido, ainda dirigir o veículo por alguns metros. Uma testemunha que ligou para a PM informou que teria visto uma moto escura deixando o local em alta velocidade segundos depois do acidente. O caso foi registrado no 95º Distrito Policial, de Heliópolis.

    Leia tudo sobre: são paulocrimeviolênciaassalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG