Começa julgamento do 'maníaco da Cantareira'

Ademir Oliveira do Rosário é acusado de abusar sexualmente e matar dois irmãos na Serra da Cantareira em 2007

iG São Paulo |

Akin/Futura Pres
Ademir Oliveira Rosário quando foi preso em 2007
Começa nesta terça-feira o julgamento de Ademir Oliveira do Rosário, conhecido como maníaco da Cantareira. Ele é acusado de abusar sexualmente e assassinar os irmãos Francisco Ferreira de Oliveira Neto, de 14 anos, e Josenildo José Ferreira de Oliveira, de 13 anos, na Serra da Cantareira, zona norte de São Paulo, em 22 de setembro de 2007.

No Rio: Pastor e missionária são denunciados por abuso sexual de sete meninas

Além da morte dos irmãos, Ademir é suspeito de abusar sexualmente de outros 11 adolescentes. Ele já foi condenado pelos crimes de roubo, atentado violento ao pudor e homicídio em 1991.

Ele cumpria pena em regime semiaberto no presídio de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, quando matou os meninos. Na época, ele deixava a cadeia aos finais de semana.

Os meninos desapareceram no dia 22, quando entraram na mata dizendo que iriam apanhar frutas. A polícia encontrou os dois corpos na terça-feira seguinte (25), nus e com várias perfurações, um deles tinha um braço quebrado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG