Com restrição, Prefeitura espera melhora de 15% no trânsito

Caminhões estão proibidos de trafegar na Marginal Pinheiros e nas avenidas Bandeirantes e Roberto Marinho, em São Paulo

Lecticia Maggi, iG São Paulo |

Entrou em vigor nesta segunda-feira a restrição a caminhões na Marginal Pinheiros e nas avenidas Bandeirantes e Roberto Marinho , das 5h às 21h. Com a medida, a Prefeitura espera a redução de 15% a 20% no movimento nos horários de pico. A informação foi dada pelo secretário Municipal de Transportes, Marcelo Cardinale Branco, que junto ao governador Alberto Goldman esteve nesta manhã no trecho Sul do Rodoanel. "Quando tiramos caminhões dessas vias aliviamos o trânsito em outros pontos da cidade também. A gente espera melhoria de 5% nos corredores que levam às vias onde houve restrição", afirmou Branco.

Agência Estado
Movimentação de caminhões na manhã desta segunda-feira no trecho sul do Rodoanel Mário Covas, próximo a São Bernardo do Campo (SP)
Os motoristas terão 30 dias para se adaptar à proibição antes que a fiscalização seja efetivamente realizada. " A ideia não é multar. É fazer com que usem rotas alternativas", acrescentou o secretário. A reportagem do iG percorreu o trecho sul do Rodoanel - alternativa de circulação destes veículos - e verificou fluxo intenso de caminhões nos dois sentidos. Ainda assim, a expectativa é de aumento no tráfego no Rodoanel nos próximos dias. "Hoje ainda foi significativo o número de caminhões que encontramos na Bandeirantes", admitiu ele.

Agência Estado
Motos driblam proibição e circulam na via expressa da Marginal Tietê
A partir desta segunda-feira também está proibida a circulação de motos na pista expressa da Marginal Tietê. O secretário, porém, defende que, com a ampliação da Marginal, o número de faixas disponívels aos motoqueiros permanece o mesmo. As multas devem começar a ser aplicadas em 15 dias.

A nova resolução volta a permitir a circulação de Veículos Urbanos de Cargas (VUCs) na cidade entre 10h e 16h, independentemente do dia e do final de placa. Antes, veículos com placas pares só podiam circular em dias pares e veículos com placas ímpares em dias ímpares.

O governador Alberto Goldman acrescentou que o Rodoanel está preparado para receber mais caminhões. "Não haverá saturação. O aumento é pequeno perto da capacidade", defendeu. Desde a inauguração do trecho Sul, em 1º de abril, 5,6 milhões de veículos utilizaram o Rodoanel, conforme dados da Secretaria de Estado dos Transportes. Destes, 60% foram veículos de passeio e 40%, de carga. "O alívio para a cidade será grande, mas não é isso que resolve o problema de trânsito", admitiu Goldman.

    Leia tudo sobre: caminhõesmarginalmotos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG