Entre os pontos de alagamento estão a Marginal Tietê, a av. Prof. Luiz Ignacio de Anhaia Mello e a av. Elisio Cordeiro de Siqueira

Ponto de alagamento na avenida Nove de Julho, no centro de São Paulo, no início da noite
AE
Ponto de alagamento na avenida Nove de Julho, no centro de São Paulo, no início da noite
A chuva que atingiu a região metropolitana de São Paulo nesta sexta-feira ainda deixa quatro pontos de alagamento na capital, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura. Às 20h50, a capital paulista tinha cerca de 70 quilômetros de lentidão .

Segundo o CGE, os pontos de alagamento, que chegaram a ser 14 na capital, são em Santana, em dois pontos da na Marginal Tietê, na altura da Praça das Bandeiras e do viaduto Eusébio Stevaux; na Lapa, na av. Elisio Cordeiro de Siqueira; e na Vila Prudente, na av. Prof. Luiz Ignacio de Anhaia Mello.

As regiões com os maiores índices de lentidão, de acordo com a CET,  são a Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, pista expressa, da Ponte Freguesia do Ó até a Ponte do Tatuapé (11,3 Km); a Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, pista local, da Ponte do Limão até a Ponte do Tatuapé (8,8 km); o Corredor Norte/Sul, sentido Santana, do Viaduto Indianópolis até o Praça da Bandeira (7,2 Km); e o Corredor Norte/Sul, sentido Aeroporto, do Viaduto do Pedroso até o Viaduto João Julião da Costa Aguiar (7 km).

De acordo com o CGE, as temperaturas máximas nesta quinta-feira chegaram aos 27ºC no início da tarde, mas o tempo começou a mudar com aumento de nebulosidade e chuvas isoladas. No início da noite, imagens de radar apontam chuvas moderadas nas zonas norte, leste, oeste, região central e parte da zona sul, principalmente nos bairros de de Campo Limpo, Capão Redondo e Santo Amaro. No extremo sul, observam-se apenas precipitação fraca e chuviscos. Conforme os meteorologistas do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura, a tendência para a próxima hora é de apenas chuva fraca e nebulosidade.

Na sexta-feira a frente fria causa nebulosidade, declínio das temperaturas e chuvas que devem diminuir no decorrer do dia. As mínimas oscilam em torno dos 17ºC, enquanto que as máximas permanecem abaixo dos 20ºC. No sábado o sistema frontal se afasta, entretanto os ventos úmidos que passam a soprar do oceano ainda deixam o tempo nublado com sensação de frio, chuvas fracas e chuviscos na capital paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.