Com chuva e semáforos apagados, São Paulo tem lentidão acima da média

Capital paulista tem mais um dia de problemas no trânsito em consequência da chuva e de problems com falta de luz

iG São Paulo |

A chuva que atinge a região metropolitana de São Paulo nesta quinta-feira complicou o trânsito na capital paulista. Regiões estão com falta de energia elétrica e os semáforos desligados deixam os índices de lentidão acima da média, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A capital ainda registrou o dia mais frio do ano .

AE
Motoristas enfrentam a chuva na avenida do Estado, no centro da capital paulista, na manhã desta quinta-feira
Segundo a CET, a cidade tinha, às 17h, 69 quilômetros de lentidão. O índice é maior que o esperado para o horário. Os piores trecho estão no Corredor Norte/Sul, sentido Santana, do viaduto João Julião da Costa Aguiar até a praça da Bandeira (8,6 km); na Marginal Tietê, sentido A. Senna, pista expressa, da avenida dos Bandeirantes até a ponte da Casa Verde (6,1 km); na Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, da rodovia Castelo Branco até a ponte Cidade Universitária (5,6 km); e no Corredor Norte/Sul, sentido Santana, da praça da Bandeira até a praça Campo de Bagatelle (3,9 km).

Dois dias depois de um vendaval e chuvas fortes atingirem a Grande São Paulo, a distribuição de energia elétrica ainda não foi totalmente normalizada. Partes de alguns bairros continuam sem luz desde a interrupação na última terça-feira e mais de 50 semáforos ainda estão com problemas.

A responsável pela distribuição de energia, a concessionária AES Eletropaulo, informou em nota, que restabeleceu 97% das interrupções e que mantém 1,8 mil profissionais trabalhando para o completo restabelecimento da energia.

De acordo com a concessionária, a previsão é que todas as ocorrências estejam regularizadas ainda hoje. Os principais bairros onde as equipes da AES Eletropaulo estão trabalhando são: Santo Amaro, Butantã, Paralheiros e Saúde, na capital, além de bairros de Osasco, Vargem Grande Paulista, Cotia, Barueri, Itapevi, Mauá, Ribeirão Pires e Itapecerica da Serra.

Devido às chuvas, os trens da Linha 1 - Azul, Linha 2 - Verde, Linha 3 - Vermelha e Linha 5 - Lilás do Metrô estão circulando com velocidade reduzida.

Clima

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura (CGE), as instabilidades associadas a uma frente fria continuam provocando chuvas moderadas, alternando com períodos de precipitação forte na capital paulista e Grande São Paulo.

AE
Chuva deve diminuir nesta sexta-feira e o fim de semana deve ser de tempo mais seco, mas também mais frio
Em função da grande cobertura de nuvens as temperaturas não subiram muito, e a máxima não deve ultrapassar os 15ºC. As imagens de satélite ainda mostram muitas nuvens e chuvas sobre os Estados do Paraná e São Paulo.

Para a sexta-feira, o novo sistema frontal com deslocamento rápido se afasta para o oceano deixando apenas nebulosidade. O tempo fica mais firme, com predomínio de sol e poucas nuvens. As temperaturas oscilam entre mínima de 10ºC e máxima que não deve ultrapassar os 22ºC.

O ingresso de uma nova massa de ar frio e seco vai provocar nova queda das temperaturas nos próximos dias. As simulações indicam que os termômetros devem ficar abaixo dos 10ºC até o fim de semana.

    Leia tudo sobre: chuvatrânsitofalta de luz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG