Colombiano e argentino são mortos em condomínio no litoral de São Paulo

Corpos foram encontrados em uma casa localizada em um residencial de luxo. Motivo do crime ainda não foi esclarecido

EFE |

Um colombiano e um argentino foram mortos na madrugada do domingo em um tiroteio na cidade do Guarujá, a 100 quilômetros de São Paulo, informou a polícia nesta segunda-feira. O colombiano, identificado como Bernardo Castaño, e o argentino, Gabriel Alejandro González, foram encontrados mortos a tiros em uma casa localizada em um condomínio de luxo e o motivo do crime ainda não foi esclarecido, declarou a jornalistas o delegado Claudio Rossi.

Segundo Rossi, o zelador da casa, também colombiano, estava amordaçado e relatou que três argentinos, entre eles González, tentavam roubar a residência quando foram surpreendidos por Castaño e um grupo de amigos.

A testemunha indicou que os outros dois argentinos fugiram do local e estão sendo procurados pela polícia, enquanto três brasileiros, que acompanhavam Castaño, prestaram depoimento às autoridades. Fontes do Consulado da Colômbia em São Paulo indicaram à Agência Efe que desconhecem os detalhes do incidente.

    Leia tudo sobre: são pauloguarujátiroteiocrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG