Ciclistas não poderão usar motofaixa, esclarece CET

Motofaixa da Vergueiro/Liverdade, que está em fase de conclusão, amanheceu pintada com indicação de ciclofaixa em Sâo Paulo

iG São Paulo |

Após a futura motofaixa do corredor Vergueiro/Liberdade, que liga o centro de São Paulo a pontos da zona sul da cidade, amanhecer gravada com pictogramas de bicicletas, alguns ciclistas paulistanos já comemoravam a indicação de que o corredor seria transformado em uma ciclofaixa. Mas a comemoração não durou muito.

Futura Press
Motofaixa que amanheceu gravada com pictogramas de bicicletas em vários pontos
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) esclareceu nesta quinta-feira que não existe nenhum projeto ou intenção de transformar a motofaixa em ciclofaixa ou torná-la de uso compartilhado. Segundo a CET, as pinturas são clandestinas e serão retiradas nesta noite.

Em nota, a CET informa que as pinturas "são um desserviço aos ciclistas, uma vez que os induz a correr riscos aos circular em uma faixa que não foi planejada para receber bicicletas, nem oferece a segurança necessária".

A motofaixa Vergueiro/Liberdade, a segunda na cidade, tem extensão de 3,5 km em cada sentido (7 km no total) e liga a zona sul, a partir da avenida Lins de Vasconcelos, ao centro da cidade. A obra, iniciada no fim de janeiro, está em fase de conclusão e adaptação do trânsito da região. Não há previsão para a inauguração.

    Leia tudo sobre: motofaixaciclofaixa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG