Chuva prejudica voos em aeroporto de Ribeirão Preto

Onze voos sofreram atrasos ou foram cancelados na cidade do interior paulista

AE |

selo

Pela terceira vez, em menos de uma semana, houve atrasos e cancelamentos. nesta terça-feira. de 11 voos (três e oito, respectivamente) no Aeroporto Leite Lopes, de Ribeirão Preto (SP), devido às chuvas. A interrupção de pousos e decolagens foi determinada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), na semana passada, como medida preventiva devido ao excesso de borracha na pista. Entre as 11 horas e 14h30 de hoje, aproximadamente, filas foram formadas e a falta de informações pelas companhias aéreas irritou os passageiros. As obras para a retirada de borracha e de medição do atrito da pista devem terminar até o próximo sábado. 

A chuva do final da manhã fez com que as empresas que operam na cidade transferissem os passageiros para voos à noite ou transportassem os clientes de ônibus, em alguns casos. A Assessoria de Imprensa do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) informou que os problemas não ocorreram apenas pela pista molhada, mas também por problemas técnicos em aeronaves e atrasos por condições meteorológicas em outras cidades. 

Gabriela Raphael Duarte iria para o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, às 13h30, pela TAM, mas desistiu. Sem o voo, estava indo de ônibus fretado pela empresa aérea até o destino final, mas sem ar-condicionado os passageiros começaram a passar mal e todos voltaram ao aeroporto. Ela remarcou voo para amanhã e disse esperar não perder outra reunião de trabalho. 

O radialista Cesar Kerschner estaria no mesmo voo que Gabriela e reclamou da falta de informações. "O aeroporto fecha por falta de segurança, tudo bem, mas é só avisar que viríamos de ônibus, mas não dá para entrar naquele, com 41ºC, sem ar-condicionado", disse. Ele esperava chegar a São Paulo para conexão a Porto Alegre.

    Leia tudo sobre: ribeirão pretosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG