Temporal também deixou vias alagadas pela capital paulista

O desmoronamento de uma casa na região do Jaçanã, zona norte de São Paulo, matou duas pessoas na madrugada desta terça-feira. De acordo com informações da Polícia Militar, a forte chuva que atingiu a cidade no final da noite provocou o acidente. Ainda segundo a corporação As vítimas soterradas, mãe e filha, chegaram a ser levadas para um pronto socorro próximo, mas não resistiram aos ferimentos.

Ainda na zona norte da cidade, uma residência foi destruída por um deslizamento na Brasilândia, mas ninguém se feriu. Na zona sul, outro deslizamento matou uma pessoa e deixou um ferida no bairro do Capão Redondo. Não há informações sobre o sexo e idade das vítimas.

A chuva fez transbordar os rios Pinheiros e Tietê e três córregos, o Cabuçu de Baixo, na zona norte, Jaguaré, na zona oeste, e Morro do S, na zona sul. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a capital paulista apresenta neste momento 35 pontos ativos de alagamento. Na Marginal Tietê, o acúmulo de água deixou diversos trechos intransitáveis em ambos os sentidos, principalmente na altura da Ponte do Limão, Ponte da Freguesia do Ó, Ponte Presidente Jânio Quadros, Ponte Tatuapé, Ponte Vila Guilherme e na Ponte das Bandeiras.

O mapa da CGE indica também sete regiões da cidade em estado de atenção: Perus, Pirituba, Freguesia/Brasilândia, Casa Verde/Cachoeirinha, Santana/Tucuruvi, Jaçanã/Tremembé e Vila Maria/Vila Guilherme. Veja localização das vias no site do CGE .

Motoristas enfrentam alagamentos na região da avenida Marquês de São Vicente, na zona oeste de São Paulo
AE
Motoristas enfrentam alagamentos na região da avenida Marquês de São Vicente, na zona oeste de São Paulo

*Com informações da Agência Estado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.