Chuva diminui e São Paulo deixa o estado de atenção

Segundo o CGE, foi observada queda de granizo na região de Santo Amaro e Chácara Klabin. Cidade teve recorde de lentidão

iG São Paulo |

AE
Pessoas tentam fugir da forte chuva que caiu nas imediações da avenida Autonomista, na cidade de Osasco, região metropolitana de São Paulo
A chuva que atinge a região metropolitana de São Paulo nesta sexta-feira deixou todas as regiões da capital paulista em estado de atenção até as 19h30, informou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura. No momento, há dois pontos de alagamento na capital, um deles na pista local da Marginal Pinheiros, na altura da Ponte do Jaguaré, no sentido Castello Branco.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 19h50 a cidade tinha 121 quilômetros de lentidão, índice dentro da média para o horário. Por volta das 19h, a cidade registrou é o maior congestionamento do ano, com mais de 170 quilômetros de lentidão. O recorde anterior foi registrado no dia 28 de janeiro, às 18h30, com 152 quilômetros.

Os piores pontos estão na Marginal Pinheiros, sentido Castello Branco, pista expressa, da rua Verbo Divino até a ponte Jaguaré (12,2 Km); na Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, pista expressa, da ponte Júlio de Mesquita Neto até ponte do Tatuapé (10,1 Km); no Corredor Norte/Sul, sentido Aeroporto, da praça da Bandeira até a rua João Julião da Costa Aguiar (8,6 Km); e na avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, da Marginal Pinheiros até o viaduto Ministro Aliomar Baleeiro (7,1 Km).

Segundo o CGE,  a instabilidades perderam força, e provocam apenas chuvas leves em pontos isolados da capital. Na Grande São Paulo, um núcleo de chuva forte ainda atinge os municípios de Guarulhos e Santa isabel. De acordo com o CGE, foi observada queda de granizo na região de Santo Amaro e Chácara Klabin por volta das 17h52.

Segundo a equipe de meteorologia, as áreas de instabilidade que atingem a capital no momento devem diminuir ainda mais nas próximas horas. Apesar disso, não descarta-se a possibilidade de chuvas isoladas no decorrer da noite.

Maiores índices registrados até as 19h30:

Ribeirão dos Couros (São Bernardo do Campo) - 40,4mm
Rudge Ramos (São Bernardo do Campo) - 37,5mm
Ribeirão dos Couros (Ford / São Bernardo do Campo) - 33,6mm
Ribeirão dos Meninos (São Caetano) - 27,6mm
Córrego Oratório (Mauá) - 26,6mm
Ribeirão dos Couros (Mercedes Paulicéia/ São Bernardo do Campo) - 24,4mm
Rio Aricanduva (Shopping) - 22,2mm
Rio Aricanduva - 13,4mm
Córrego Oratório - 10,8mm

    Leia tudo sobre: chuvaestado de atençãoverão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG