Chuva deixa sob água parte de Lençóis Paulista

Choveu 170 milímetros na região desde a noite de ontem, o que elevou o nível dos córregos que formam o rio Lençóis

AE |

selo

Chuvas intensas deixaram sob as águas na manhã desta segunda-feira grande parte do centro de Lençóis Paulista (SP). O rio Lençóis, que corta a cidade, transbordou e alagou casas, estabelecimentos comerciais, ruas, avenidas e praças.

A enchente teria sido agravada pelo rompimento de uma represa na área rural de Borebi, mas a prefeitura não confirmou o acidente. De acordo com o serviço de meteorologia, pode ter chovido 170 milímetros na região desde a noite de ontem, o que elevou o nível dos córregos que formam o rio Lençóis. 

O manancial subiu rapidamente e em meia hora as águas já inundavam a avenida 25 de Janeiro, uma das principais da cidade. Alguns comerciantes carregaram o estoque em caminhões na tentativa de reduzir os prejuízos. A sede do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) foi atingida e a cidade pode ter racionamento de água. 

De acordo com a prefeita Izabel Cristina Campanari Lorenzetti (PSDB), apesar das forças das águas e dos grandes prejuízos materiais, não houve vítimas. Ela disse que a enchente foi causada pelo grande volume de chuva ocorrida durante a noite de ontem na região, atingido principalmente a bacia do Lençóis. "Todas as famílias e comerciantes instalados às margens do rio que corta o centro da cidade e alguns bairros precisaram deixar suas casas ou proteger suas lojas", explicou. 

Numa ação conjunta, a Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e voluntários se mobilizaram, junto com a prefeitura, para socorrer as pessoas que estavam ilhadas. Cerca de 100 famílias desalojadas estão recebendo assistência do serviço de promoção social do município. A prefeitura está pedindo à população que permaneça em estado de alerta. De acordo com a prefeita, os últimos monitoramentos indicaram que as represas acima do rio Lençóis estão no limite de suas capacidades. "Se uma delas se romper, haverá uma piora considerável da situação, visto que até agora as águas subiram apenas pelo grande volume das chuvas", disse Izabel Cristina.

    Leia tudo sobre: chuvaenchenteLençóis Paulista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG