Churrascaria é interditada por despejo de esgoto no rio Tietê

Estabelecimento que cobrava R$ 99,80 pelo rodízio de carnes ainda apresentou outros problemas e foi multada em R$ 8,9 mil

iG São Paulo |

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras de São Paulo interditou a Churrascaria OK Grill, localizada na Marginal Tietê, ao lado da Ponte das Bandeiras, no Bom Retiro, por despejo clandestino de esgoto no rio. Além disso, o estebelecimento foi multado por não ter licença de funcionamento e apresentar problemas estruturais.

Com relação ao despejo irregular de esgoto nas águas do rio, o local recebeu prazo de até 60 dias para interligar seu sistema à rede coletora da Sabesp. "Esta irregularidade, além de poluir o meio ambiente, contribui também para o agravamento das enchentes, pois compromete a capacidade de reserva e o bombeamento das águas do rio em dias de chuva", disse o secretário de Coordenação das Subprefeituras, Ronaldo Camargo.

Além de infringir a legislação ambiental, a Churrascaria OK Grill não apresentou a Licença de Funcionamento, documento exigido de todos os estabelecimentos comerciais da cidade, e recebeu multa de R$ 8,9 mil, além de prazo de 24 horas para regularização. Caso não apresente a documentação, o estabelecimento receberá nova multa e será iniciado processo administrativo para o seu fechamento definitivo. A churrascaria, que funciona no local há 16 anos, serve carnes nobres e exóticas em rodízio a R$ 99,80.

Segundo a secretaria, ainda foram detectados diversos problemas estruturais como fiação exposta, extintores vazio, caixas d'água com grande acúmulo de sujeira e ventiladores instalados de forma inapropriada nas cozinhas. Todas as caixas d'água do local também estavam fechadas com tampas de amianto, o que é proibido por lei: "O amianto proibido por jei desde 2001 na cidade de São Paulo. Jamais poderia estar aqui", ressalta Ronaldo Camargo.

Ainda na churrascaria, os funcionários da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa) também constataram o acondicionamento de alimentos inadequado, o carvão utilizado estava armazenado em sacos de fertilizantes. Além de anti-higiênico e representar um risco à saúde do consumidor, o fertilizante produz gases que podem causar explosões em casos de incêndios. 

Posto de combustível

Durante a ação, um posto de combustíveis localizado ao lado da churrascaria foi flagrado infringindo a Lei Cidade Limpa e multado em R$ 50 mil. O depósito de lixo na calçada em horário inapropriado e em desacordo com a legislação municipal também rendeu ao estabelecimento uma outra autuação, esta no valor de R$ 12 mil.

    Leia tudo sobre: churrascariarestaurantedespejo de esgoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG