Cérebro de ator enforcado acidentalmente foi afetado, aponta exame

Thiago Klimeck continua em coma, em estado grave e respirando com a ajuda de aparelhos. Acidente ocorreu em Itararé, em São Paulo

iG São Paulo |

O ator Tiago Klimeck, de 27 anos, teve o cérebro afetado por causa do acidente sofrido na noite da Sexta-Feira Santa durante a apresentação da Paixão de Cristo , em Itararé (SP). Há alterações no crânio do paciente, segundo o novo boletim médico divulgado na tarde desta terça-feira pela Santa Casa de Itapeva, onde ele está internado desde sábado. 

Família torce por recuperação: “Agora é aguardar”, diz irmã de Thiago

As alterações foram reveladas pela tomografia computadorizada a que o ator foi submetido nesta terça-feira, de acordo com o boletim divulgado pela assessoria de imprensa do hospital. Em coma induzido, ele continua internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e respira com a ajuda de aparelhos. O curto boletim médico não fornece mais detalhes sobre o estado de saúde do ator, que por pouco não morreu durante o espetáculo.

O ator sofreu asfixia mecânica acidental, o que causou hipóxia cerebral grave e prolongada (falta de oxigênio no cérebro). Tiago estava num cenário que imitava uma pedra e ficou quatro minutos desacordado. Os outros atores acionaram o socorro assim que perceberam o acidente.

Sandro Azevedo/Virtual Guia
Ator Thiago Klimeck em cena da Paixão de Cristo, encenada em Itararé
A família do ator acredita que o equipamento de segurança utilizado durante a peça apresentou alguma falha. Eles não estavam presentes no espetáculo. “Todo ano a gente assiste, mas bem neste não fomos. Foi até melhor. Imagina o choque, se nós estivéssemos lá na hora”, diz o comerciante Leandro Luiz Bueno, de 36 anos, cunhado de Thiago.

De acordo com Gleison Thiago Domingues, 20 anos, que interpretou Jesus Cristo na peça, essa foi a terceira vez que Thiago Klimeck representou Judas na encenação da Paixão de Cristo e a segunda, com este equipamento.

Após visitar o irmão no hospital no domingo (8), Fabiana Bueno, 31 anos, ficou muito emocionada, chorou ao falar do estado de saúde de Thiago, mas disse ter esperança na recuperação dele. “Agora é só aguardar. Tenho dois filhos e ele sempre foi como se fosse o terceiro.”

Entenda o caso

De acordo com testemunhas integrantes do grupo teatral, Thiago vestia um colete com uma cadeira de segurança na qual ele deveria se sentar durante a cena que simulava o enforcamento. No espetáculo, essa cadeira era fixada em uma corda de seis metros, cuja a outra extremidade estava amarrada a uma árvore. Thiago subiu a escada montada embaixo da árvore e saltou do último degrau. Ainda não se sabe se o ator se enforcou com a corda ou com o colete.

André Luiz da Cunha, que interpretava o carrasco na peça, foi quem amarrou a corda no colete. Ele disse ao iG que todo o procedimento foi feito normalmente. “Fizemos a mesma coisa no ensaio e deu tudo certo”, disse. De acordo com a diretora do espetáculo, Janaína Carvalho, de 28 anos, a cadeirinha de segurança foi emprestada pelo Corpo de Bombeiros, que explicou como deveria ser feita a utilização. O Corpo de Bombeiros, no entanto, nega qualquer envolvimento com o espetáculo.

Nem os atores, nem o público perceberam que Thiago estava desacordado, pois na cena ele deveria fingir-se de morto . Quando o ator não respondeu aos chamados dos colegas para retirar o equipamento, o socorro foi chamado. Thiago ficou pelo menos quatro minutos sufocado.

O delegado da Polícia Civil de Itacaré José Vitor Bacetti informou que vai ser instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias do ocorrido e se houve responsabilidade de algum dos envolvidos. A polícia apreendeu os seis metros de corda utilizados e a cadeira de segurança, que podem seguir para a perícia.

* Com AE

    Leia tudo sobre: judasforcapaixão de cristoator enforcadoencenação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG