Cerca de 1,4 milhão de veículos devem deixar SP para o réveillon

Somente em direção às praias da Baixada Santista devem ir até 680 mil veículos. Veja quais os melhores horários para viajar

iG São Paulo |

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estima que aproximadamente 1,4 milhão de veículos devem deixar a capital paulista até o revéillon para aproveitar a festa no litoral ou interior. A Operação Estrada, que visa o monitoramento da saída e do retorno à capital durante o ano-novo, começa na quinta-feira, dia 30, e termina na segunda-feira, 3 de janeiro de 2011.

AE
Congestionamento na rodovia dos Imigrantes na tarde da última terça-feira (28)
Segundo a CET, o monitoramento do trânsito acontecerá especialmente nos acessos e chegadas das rodovias, com o objetivo de garantir a fluidez e segurança de motoristas e pedestres.

A recomendação é que veículos de carga evitem acessar a Marginal Tietê na quinta e sexta-feira. Os motoristas que vêm da região Norte do País e utilizam as rodovias Presidente Dutra, Fernão Dias e Ayrton Senna, com destino ao Sul, devem optar pelas Rodovias D. Pedro e Rodoanel Governador Mário Covas.

Já os motoristas oriundos da região Sul que acessam as Rodovias Régis Bittencourt, Raposo Tavares, Castello Branco e Sistema Anhanguera-Bandeirantes também devem ter como opção o Rodoanel Governador Mario Covas e Rodovia D. Pedro.

Litoral

Entre 480 mil a 680 mil veículos devem ir para o litoral, segundo estimativa da Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta Imigrantes. Os dias de maior movimento serão 30 e 31 de dezembro para descida e nos dias 2 e 3 de janeiro para o retorno à capital.

Interior

A Via Oeste, concessionária responsável pelas rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, prevê a passagem de 460 mil veículos nos dois sentidos das vias. A operação especial terá início à 0h do dia 30 quinta-feira e se estenderá até as 24h de domingo.

A companhia ressalta que obras em execução no Sistema que causam interferência no tráfego, como desvios ou interdições de pista, estarão suspensas até segunda-feira. Os piores horários para viajar são: quinta-feira, entre 15h e 21h (sentido interior); e sexta-feira, entre 7h e 16h. Para o retornor, a orientação é evitar viajar no domingo entre 14h e 22h. 

Em 2009, nos quatro dias da operação de réveillon nas rodovias passaram pelo Sistema 375 mil veículos, e foram registrados 18 acidentes com 12 vítimas, sendo uma fatal.

A Ecopistas, que administra o Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, estima que cerca de 420 mil veículos utilizarão as duas vias até a 0h do dia 2 de janeiro, domingo. Neste período, para ir e voltar da região serrana de Campos do Jordão, Litoral Norte, Alto Tietê e Vale do Paraíba, a expectativa é de que entre 1.600 mil e 1.688 mil veículos passem pelas quatro praças de pedágio do Corredor. Caso formem-se filas, a Ecopistas afirma que será implantada a Operação Papa-filas nas quatro praças de pedágio.

Pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, entre chegada e saída da capital, devem trafegar cerca de 520 mil veículos. O número deve ser maior que o do feriado de 2009, quando o sistema recebeu um fluxo de 481 mil veículos.

No domingo, das 14h às 22h, os caminhões que se destinarem à capital devem optar pela via Anhanguera, no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando a rodovia pela sída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego e a fiscalização terá o apoio da Polícia Militar Rodoviária.

    Leia tudo sobre: estradasrodoviasferiado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG