Cansado de assaltos, comerciante faz apelo a ladrões

Dono de loja assaltada 3 vezes neste ano estendeu uma faixa pedindo que ladrões não assaltassem o local ao mesmo tempo

AE |

selo

Depois de ser assaltado três vezes seguidas, o dono de uma loja na região central de Sorocaba, em São Paulo, decidiu fazer um apelo aos marginais. Ele mandou fazer e estendeu uma faixa na entrada do estabelecimento, com os dizeres: "Srs. Ladrões e Assaltantes. Como esta avenida está abandonada e a segurança pública é de mintirinha ( sic ), por favor, queiram se organizar para todos não virem ao mesmo tempo". O apelo chama a atenção de quem passa pela avenida Afonso Vergueiro, uma das mais movimentadas da cidade, principal ligação entre as zonas leste e oeste.

O comerciante, que não se identifica por medo de represálias, diz que o recado tem endereço certo: "Parece direcionado aos ladrões, mas é para o pessoal de cima, o pessoal que comanda a segurança que, infelizmente, é precária". Sua loja de equipamentos e acessórios para motos foi assaltada três vezes este ano, duas na semana passada, em dias seguidos. As câmeras de vigilância gravaram as ações dos bandidos, mas nenhum deles foi preso. Outros comerciantes da avenida reclamam dos assaltos. Um deles teve a loja roubada quatro vezes e contratou segurança particular. "Gasto R$ 8 mil por mês com segurança, mas é a única forma de conseguir trabalhar".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG