Campinas confirma epidemia de dengue no municipio

Número de casos confirmados chegou a 945, número mais de quatro vezes maior do que os 201 casos confirmados no ano passado

Agência Estado |

A Secretaria de Saúde de Campinas, no interior de São Paulo, informou nesta segunda-feira que a cidade passa por uma epidemia de dengue. O número de casos confirmados chegou a 945, número mais de quatro vezes maior do que os 201 casos confirmados em 2009 e ao menos 300 casos acima do esperado para os quatro primeiros meses neste ano.

A secretaria confirmou uma morte por dengue entre dois óbitos que estavam sob investigação por suspeita da doença.

Um homem de 66 anos portador de hipertensão e diabete (fatores de risco para gravidade) morreu no dia 4 de abril com febre hemorrágica provocada pela doença.
É a primeira morte confirmada por dengue no município em 2010. Outro óbito, de um homem que morreu no dia 9 de abril, ainda está sob investigação. Em 2009, houve uma morte por dengue na cidade.

"O Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde classificam como epidemia quando há mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes, o que seria falar em 3.050 casos em Campinas.
Mas a Secretaria Municipal de Saúde trabalha com o termo epidemia para quando o número de casos confirmados está acima do esperado, que é o que está ocorrendo", afirmou o médico sanitarista André Ricardo Ribas Freitas, da Coordenadoria de Vigilância em Saúde.

"A leitura que a população tem do termo epidemia é diferente, é de que a situação está fora de controle. Mas também não é isso: a situação está sob controle, temos conseguido desencadear as ações e acompanhar, mas é um momento grave desde o fim do ano passado", admitiu.

    Leia tudo sobre: DengueCampinasEpidemia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG