Caminhoneiros são apedrejados e fecham rodovia em São Paulo

Motoristas usaram caminhões e carretas para bloquear totalmente a Régis Bittencourt no km 485 entre quinta e sexta-feira

AE |

selo

Pelo menos oito caminhoneiros foram vítimas de apedrejamento na rodovia Régis Bittencourt (BR-116), na noite desta quinta-feira. As pedras, paus e tijolos, atirados de uma passarela, no km 490 da rodovia, em Cajati, estilhaçaram parabrisas e amassaram a lataria dos veículos, mas ninguém ficou ferido.

Leia também: Contra assaltos, caminhoneiros fecham pedágio da Régis

Em protesto contra a falta de segurança, os motoristas usaram caminhões e carretas para bloquear totalmente a rodovia no pedágio do km 485 entre 22h30 de quinta e 0h35 de desta sexta-feira. Houve congestionamento e a fila de veículos parados atingiu 13 quilômetros no sentido São Paulo e 14 km no sentido de Curitiba.

Assim que ocorreram os primeiros ataques, os caminhoneiros usaram aparelhos de comunicação para avisar os colegas. O apedrejamento foi atribuído a uma tentativa de roubo de cargas, mas os motoristas que tiveram os veículos atingidos seguiram viagem até o pedágio. 

De acordo com o inspetor Juarez Cardoso, comandante da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Registro, o ataque teria sido uma represália a uma ação policial ocorrida no último dia 29, quando uma quadrilha de ladrões de cargas foi presa. O grupo saqueava as cargas de veículos acidentados. Entre os cinco presos estavam moradores do bairro Nhuguvira, onde ocorreu o apedrejamento. 

Na ação, foram apreendidos quatro carros e quatro motos supostamente usados pela quadrilha. Também foram recuperados mais de mil quilos de pescado que haviam sido roubados de um caminhão-frigorífico que se acidentara na rodovia. Para Cardoso, tudo indica haver ligação entre os dois casos. Os motoristas que foram vítimas do apedrejamento foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Cajati. A ação será investigada. De acordo com a PRF, o policiamento no trecho já foi aumentado.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG