Camelôs entram em confronto com a polícia no centro de São Paulo

Ambulantes iniciaram tumulto após serem impedidos de montar suas barracas na Feira da Madrugada

iG São Paulo |

Cerca de 600 camelôs entraram em novo confronto com a Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira na região do Brás, centro de São Paulo, após serem impedidos de montar suas barracas nas proximidades da Feira da Madrugada.

Leia também: Camelôs da Feira da Madrugada protestam no centro de São Paulo

AE
Ambulantes atearam fogo em ônibus na rua do Brás durante confronto com PM, no centro de SP

Os camelôs atearam fogo a um ônibus, atingindo também dois carros, e em uma loja na rua Maria Marcolina com a rua Conselheiro Belisário. De acordo com o Corpo de Bombeiros, cinco viaturas foram acionadas e o fogo foi extindo por volta das 4h, sem deixar feridos.

Segundo a Polícia Militar, a situação já se encontrava normalizada pouco depois das 5h20 da manhã, com a dispersão dos camelôs e abertura normal do comércio formal da região. Até o momento, três pessoas foram detidas.

Manifestações

No dia 25 de outubro deste ano, os vendedores ambulantes já enfrentaram a Polícia Militar nas ruas do Brás. Ao serem impedidos de instalar suas barracas, os ambulantes realizaram protestos que causaram destruição no local. Durante o confronto, os vendedores atiraram rojões contra os policiais, viraram uma caçamba e incendiaram um carro.

A PM chegou a usar bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes. O mesmo grupo que ocupava a Rua Oriente, no bairro do Brás, iniciou uma passeata pelas ruas do centro em direção à sede da prefeitura, no Viaduto do Chá. Segundo a CET, houve bloqueio total da Avenida do Estado perto da Rua Monsenhor de Andrade.

    Leia tudo sobre: confrontoambulantesfeira da madrugadapm

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG