Cadela ajuda a salvar idoso em São Paulo

Agricultor de 91 anos ficou 17h perdido em canavial e polícia só o localizou após latidos de vira-lata

AE |

Com seus latidos, uma cadela vira-lata ajudou a equipe de salvamento a encontrar seu dono, o agricultor Joaquim Signorini, de 91 anos, que desapareceu na noite de sexta-feira, quando deixou seu sítio em Bady Bassitt, no noroeste paulista. Acompanhado por Pituca, ele foi encontrado 17h depois, deitado em um canavial.

Os latidos da cadela preta, de 1 ano e meio, levaram os bombeiros e policiais até o agricultor. Cães farejadores também ajudaram na procura, que mobilizou uma equipe de pelo menos dez pessoas.

Com hipotermia, Signorini foi internado no Hospital de Base, em São José do Rio Preto, mas já recebeu alta. "Ele voltou no sábado para casa, mas a Pituca chegou antes. Quando a cadela chegou feliz, tive certeza de que meu marido tinha sido encontrado. A Pituca salvou meu marido", disse Zenaide Fuzzinatti Signorini, de 83 anos.

"Ele foi embora e eu não vi. Ele estava sentado na poltrona da varanda e, quando percebi, desapareceu com a cachorra. Saiu quietinho, ele sempre pedia quando queria sair", explicou a mulher, que não costuma deixar o marido sozinho.

"Fiquei apavorada porque eu estava sozinha em casa, esperei meu filho mais velho chegar. Procuramos por ele a noite inteira", contou. Ainda de acordo com Zenaide, Signorini quase não fala e faz tratamento médico.

    Leia tudo sobre: idosoperdidocanavialcadelavira-lata

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG