Bandidos tentaram entrar na casa de Edson Costa pela varanda e fugiram sem levar nada

selo

O cabeleireiro Edson da Silva Costa, de 40 anos, foi morto, com dois tiros, por volta das 22h30 de ontem, ao tentar desarmar um de dois assaltantes que invadiam sua residência, na Vila Rio Branco, a 350 metros do 24º Distrito Policial, da Ponte Rasa, zona leste de São Paulo.

Ao perceber que dois homens, com o uso de uma escada de alumínio, tentavam invadir a varanda do imóvel, Costa reagiu e foi baleado duas vezes, no peito e no braço direito, morrendo no local. A dupla, sem levar nada, segundo testemunhas teria fugido em um Gol preto em direção à avenida São Miguel. O caso foi registrado na delegacia local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.