Brigadeiro com avenida Paulista lidera atropelamentos em SP

Cruzamentos da Ipiranga com São João também encabeçam ranking de acidentes

AE |

selo

Pedestres precisam ter cuidado redobrado em quatro cruzamentos da cidade de São Paulo. Nos últimos cinco anos, as esquinas das Avenidas Brigadeiro Luís Antônio e Paulista, Ipiranga com São João e do Estado com a Mercúrio e com a Santos Dumont foram as líderes em atropelamentos, de acordo com números da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Todos os anos, a CET divulga os dez cruzamentos mais perigosos para pedestres. Vários deles se repetem no período entre 2006 e 2010, mas, segundo levantamento do jornal O Estado de S. Paulo, apenas quatro estiveram presentes em todas as listas. Juntos, foram responsáveis por 88 atropelamentos ao longo dos cinco anos.

"Nós já temos mapeados esses cruzamentos. Em alguns deles, é possível criar alguma solução de engenharia e estamos concluindo estudos para isso. Mas o principal é a mudança de comportamento mesmo", diz a superintendente de Educação e Segurança da CET, Nancy Schneider. Amanhã será lançada uma campanha para a conscientização de pedestres e motoristas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE
Cruzamento das avenidas Paulista com Brigadeiro é responsável por maior número de atropelamentos

    Leia tudo sobre: acidenteatropelamentocruzamentosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG