Borracheiro é suspeito de matar mulher e amigo a facadas em SP

Tomado por ciúme, polícia afirma que borracheiro atacou mulher grávida de 3 meses e amigo na zona norte da capital

iG São Paulo |

AE
Borracheiro foi preso em flagrante suspeito de ter matado a mulher grávida e o amigo por considerar que era traído
Um borracheiro identificado como José Carlos de Jesus Almeida, de 40 anos, é suspeito de assassinar a facadas a mulher, Maria de Lourdes Oliveira, de 28 anos, grávida de 3 meses, e o amigo do casal Edvaldo Barbosa da Silva, de 39 anos, na tarde de domingo, no bairro da Casa Verde, zona norte da capital paulista.

De acordo com informações da polícia, Almeida morava há cerca de um ano com a doméstica Maria de Lourdes em uma casa alugada na rua Carlos Belmiro Correia. Porém, desconfiava que a mulher tinha um caso extraconjugal com o autônomo Silva.

Por volta das 18h de domingo, ele chegou em casa e presenciou os dois conversando e bebendo cerveja na sala. Conforme a polícia, tomado por ciúme, ele teria pego uma faca na cozinha e desferido diversos golpes contra os dois.

Maria e Silva chegaram a ser socorridos ao Pronto-Socorro do Mandaqui, mas morreram no local. A polícia chegou até o borracheiro e o prendeu em flagrante após a denúncia de uma vizinha.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: crimesuspeitoborracheiromortemulher

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG