Bombeiros fazem rescaldo de incêndio em empresa têxtil em SP

Vinte equipes dos bombeiros ainda estão no local do incêndio que começou na madrugada. Parte do telhado desabou

AE |

Vinte e duas equipes do Corpo de Bombeiros ainda fazem o trabalho de rescaldo no local do incêndio de grandes proporções que destruiu a maior parte do galpão da empresa Restoque Comércio e Confecções de Roupas, localizado ao lado do estacionamento da Ceagesp, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital paulista, desde a madrugada desta sexta-feira.

AE
Fogo foi controlado, mas depósito ainda tinha focos de incêndio neste manhã
Segundo os bombeiros, acionados às 4h23, pelo menos vinte viaturas foram enviadas para a rua Othão, na altura do nº 405. Por volta das 9h, o Corpo de Bombeiros informou que o fogo já estava controlado, o que quer dizer que estava restrito somente no depósito de tecido, não atingindo outros. Às 11h, o trabalho de rescaldo do incêndio (quando não há mais chamas) foi iniciado.

Parte do telhado do depósito foi destruído, mas, segundo os bombeiros, não houve o registro de feridos.

O acesso à rua Mofarrej pela pista local da Marginal do Pinheiros foi bloqueado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), que pede aos motoristas que evitem circular próximo ao local.

* Acompanhe o trânsito em São Paulo e em outras 16 cidades do País

null

    Leia tudo sobre: incêndiosão paulovila leopoldina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG