Boliviano é preso em flagrante por trabalho escravo

No momento da prisão, oito pessoas trabalhavam no local

iG São Paulo |

Policiais civis do 3º Departamento de Meio Ambiente e Relações do Trabalho (Dmart) prenderam em flagrante uma pessoa em um caso de trabalho escravo, na região de São Matheus, na zona leste de São Paulo. O boliviano Gregório Arias Flores mantinha em condições de trabalho escravo ao menos oito pessoas em uma confecção de roupas, com capacidade para até 12 funcionários.

A operação foi realizada por volta das 9h30 desta quarta-feira, após uma denúncia anônima. Oito homens da corporação participaram da investigação e prisão. De acordo com a polícia, todos os funcionários são bolivianos, e três deles estão em situação irregular no Brasil.

Ainda segundo a polícia, os funcionários recebiam aproximadamente R$ 2 por roupa confeccionada, em sua maioria camisas, e tinham de pagar mais R$ 1 de aluguel das máquinas e hospedagem. Os homens trabalhavam em média 17 horas por dia.

Luiz Guarnieri /Futura Press
Bolivano mantinha ao menos 8 pessoas em trabalho escravo

    Leia tudo sobre: trabalhoescravopolíciabolivianos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG