Blecaute prejudica abastecimento de água em São Paulo

Segundo a Sabesp, normalização do abastecimento irá ocorrer durante esta noite

iG Sâo Paulo |

Os dois blecautes que atingiram a zona sul e oeste de São Paulo nesta terça-feira afetaram o abastecimento de pelo menos dez bairros da capítal paulista, informou a Sabesp no início da noite. Segundo a empresa, responsável pelo abastecimento de água no Estado, por conta da falta de energia entre 15h30 -16h e 16h30 -16h45 de hoje, o nível dos reservatórios de toda a região do Guarapiranga, que abastece 3 milhões de pessoas, foi comprometido. Com a queda de energia, houve a paralisação de 18 bombas responsáveis por levar água para os reservatórios da região sul e, em seguida, para o cliente.

AE
Trânsito na avenida Paulista, durante tarde de blecaute em São Paulo
As regiões mais atingidas foram Jardim Ângela, Grajaú, Embu, Taboão da Serra, Butantã, Morumbi, Brooklin, Jardim São Luiz e parte de Embu-Guaçu e de Jabaquara. A normalização do abastecimento irá ocorrer durante a noite. A normalização do sistema demora mais para ocorrer nas regiões distantes e altas. Além do problema de falta de energia, nestes dias de temperaturas elevadas há o aumento de consumo.

Segundo a Sabesp, a primeira queda de energia parou todo o sistema de bombeamento. Quando a energia foi retomada, após 30 minutos, as bombas começaram a ser religadas. Esse trabalho demoraria cerca de meia hora. Próximo da normalização do sistema, houve a segunda queda de energia, paralisando novamente todas as bombas. Às 16h45, as equipes recomeçaram o trabalho para o bombeamento. Foram necessários mais 30 minutos para o início da normalização do bombeamento de água aos reservatórios.

    Leia tudo sobre: blecauteabastecimento de água

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG