Bebê de 9 meses morre sufocado com lã no litoral de São Paulo

Pais deixaram criança morta na frente de hospital e tentaram fugir. Ao serem encontrados, mentiram em depoimento à polícia

AE |

selo

Uma menina de nove meses morreu asfixiada, nesta segunda-feira, em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, após sufocar com um pedaço de lã. Os pais da criança a deixaram, já morta, na Santa Casa da região e fugiram. Quando encontrados pela polícia, disseram que a menina se engasgou com leite. 

A Polícia Civil de Ubatuba informou que a Polícia Militar (PM) foi chamada pela enfermeira que atendeu a criança para encontrar os pais, que haviam deixado o hospital. O casal, ela de 16 anos e o pai de 18, contaram a versão do sufocamento por leite. O médico que analisou a menina encontrou, em sua garganta, um chumaço de lã. 

Após vasculharem a casa, a polícia achou, dentro de um saco, um bicho de pelúcia rasgado e sangue no travesseiro da vítima. Também havia um pote com cocaína na residência. A mãe do pai da menina, que mora na casa ao lado, contou que ouviu a criança chorando muito durante a noite, e que subitamente o barulho cessou. 

O casal disse ser usuário de droga. Eles negaram ter praticado qualquer agressão contra a criança. O caso será encaminhado à Justiça, que decidirá se os pais irão a julgamento.

    Leia tudo sobre: criançabebêubatuba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG