Bebê arremessado de carro após capotamento tem alta em São Paulo

Nascida há 20 dias, criança estava no banco de trás de carro e foi arremessada a 15 metros do veículo durante capotagem

AE |

selo

null

A recém-nascida que foi arremessada do carro dos pais em São Paulo teve alta na manhã desta sexta-feira. Ela estava em observação no hospital São Luiz, do Tatuapé, na zona leste da capital paulista. Na última terça-feira, 24, baleado três vezes nas costas por um assaltante, o pai da menina dirigiu por dez quilômetros até capotar o carro em um dos acessos à Marginal Tietê, na zona norte de São Paulo. 

Nascida há 20 dias, a criança estava no banco de trás do carro, no colo da mãe, e foi arremessada a 15 metros do veículo durante a capotagem. A criança e a mãe foram socorridas sem ferimentos graves e passam bem. O pai foi operado e continua internado em estado grave. 

Acidente

De acordo com a polícia, o casal de comerciantes estava na rua Astecas, no Jaçanã, por volta das 21h30 da terça-feira, pedindo informações de endereço a três senhoras, quando um homem enfiou a arma pela janela e anunciou o assalto. O pai, assustado, fez um movimento com o veículo e o criminoso atirou. Foram seis disparos, dos quais três acertaram a vítima.

Ferido, ele dirigiu por 10 quilômetros e, na busca por um hospital, perdeu o controle no acesso da avenida Educador Paulo Freire à Marginal do Tietê, a 200 metros do pronto-socorro da Vila Maria. O Peugeot 307 bateu na mureta e capotou diversas vezes até atingir uma árvore.

AE
Carro capota após motorista ser baleado

Quando o carro parou, a mãe viu que o bebê não estava mais ao seu lado e saiu desesperada à procura da filha, encontrada em uma moita a cerca de 15 metros de distância. "Na hora do assalto, a mãe tirou o bebê da cadeirinha e o segurou no colo", disse José Carlos Loureiro, irmão da mulher. Ele acredita que o bebê foi arremessado durante a capotagem pelo vidro de trás do carro, destruído por um dos tiros do ladrão.

Após os disparos, o ladrão fugiu no veículo de um comparsa e até o momento não foi preso. O crime foi registrado no 73º DP.

    Leia tudo sobre: acidentebebê

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG