Baixa umidade coloca São Paulo em estado de atenção

Índice está em torno de 30% e com tendência de queda. Cidade teve a tarde mais quente do inverno nesta quinta

AE |

A cidade de São Paulo entrou em estado de atenção na tarde desta quinta-feira devido à baixa umidade relativa do ar. Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, o índice de umidade está em torno de 30%, com tendência de queda.

AE
Imagem mostra céu poluído de São Paulo visto na região da Moóca

A Defesa Civil recomenda que a população evite atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17h e não pratique exercícios entre as 11h e 15h. É aconselhável a ingestão de bastante líquido para evitar a desidratação. A baixa umidade propicia o surgimento ou agravamento de doenças respiratórias, cardiovasculares e oculares.

Às 18 horas o estado de atenção retorna para observação, porque a partir desse horário a tendência é que o índice da umidade relativa do ar aumente.

Tarde quente

Com 28,4ºC, a capital paulista teve nesta quinta-feira a tarde mais quente deste inverno, segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A temperatura está muito acima do normal para o mês de julho na cidade, onde a média para esta época é de 22,1ºC.

De acordo com a Climatempo, entre 1º de julho e a última quarta-feira a média das temperaturas máximas registradas no Mirante de Santana, na zona norte de São Paulo, está em 23,2ºC, pouco mais de 1ºC acima do padrão.

Uma frente fria deve chegar à cidade na sexta-feira, levando um pouco de chuva e ventos frios que vão derrubar novamente a temperatura. Segundo os meteorologistas da Climatempo, a temperatura deve ficar amena, especialmente no sábado, 24.

No domingo, 25, a manhã deve ser fria, com a névoa que não tem se formado nos últimos dias. O sol deve aparecer no período da tarde, elevando a temperatura, segundo a Climatempo.

    Leia tudo sobre: baixa umidadequalidade do arSão Paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG