Assalto a hipermercado deixa um criminoso morto

Homens armados invadiram hipermercado Carrefour na zona leste de São Paulo. Três foram presos

AE |

selo

AE
Polícia apreendeu máscaras, munição, metralhadora, escopeta e artigos eletrônicos
Um assalto, que durou cerca de 40 minutos, à loja do hipermercado Carrefour localizada na esquina entre as avenidas Salim Farah Maluf e Celso Garcia, na região do Tatuapé, zona leste de São Paulo, deixou, no final da noite de quinta-feira, um bandido morto e três presos.

Um pouco depois das 23 horas, armados de submetralhadoras, revólveres e espingardas calibre 12, cerca de 15 homens, alguns de touca ninja e quatro usando máscaras idênticas à que aparece no filme "Pânico", após agredir a coronhadas o porteiro, teriam entrado a pé no estabelecimento segundo relato de um funcionário do posto de combustível do próprio hipermercado, que já havia fechado para o público.

Futurapress
Três homens foram presos durante assalto ao Carrefour
Cerca de 30 funcionários ainda estavam dentro da loja e foram rendidos, a maioria próxima aos caixas. Boa parte deles já estava fechado, levando a quadrilha a exigir o dinheiro do cofre, que não chegou a ser aberto. Obrigadas a deitar no chão e jogar os celulares em direção aos bandidos, as vítimas assistiram aos assaltantes chutarem e pisarem nos aparelhos. A tranquilidade era tanta que alguns deles foram até setor de bebidas e lá tomaram uma mistura de uísque com energético.

Um tiro foi ouvido dentro da loja. Acredita-se que o disparo tenha sido contra o cofre na tentativa de abrir o compartimento. Uma funcionária conseguiu se trancar no banheiro e outros dois no setor de recebimento, de onde ligaram para o 190. Rapidamente PMs do 8º, 21 e 51º batalhões, com apoio do helicóptero Águia, chegaram ao local. A quadrilha, que se comunicava via radiotransmissor, teve de deixar às pressas o estabelecimento, mas parte da quadrilha ainda não havia deixado o prédio quando a PM encostou.

nullNa fuga, já fora do hipermercado, os criminosos trocaram tiros com os policiais, que cercavam o prédio. Um dos criminosos foi baleado e morreu no hospital. Outros três foram presos.

Com o quarteto, os policiais apreenderam R$ 1.460,00, trinta celulares - a maioria das vítimas, três revólveres calibre 38, dez máquinas fotográficas e uma filmadora - do mercado, dois coletes balísticos, uma submetralhadora e uma espingarda. Os demais bandidos conseguiram escapar. O caso foi encaminhado ao 10º Distrito Policia, da Penha.

    Leia tudo sobre: assaltosão paulohipermercadomortepolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG