Área ocupada do Pinheirinho é três vezes maior que o Vaticano

Terreno na periferia rica da cidade de São José dos Campos estava ocupado há uma década. No último domingo, região passou por reintegração de posse

BBC Brasil |

selo

Reuters
Residentes de Pinheirinho, fogem do fogo durante operação da PM
Com uma área 1,3 milhão de metros quadrados - equivalente a três veres a área total do Vaticano – o Pinheirinho, em São José dos Campos, a 93 km de São Paulo, era o endereço de 6 mil pessoas até o último domingo (22). Ocupado há quase uma década, o terreno na periferia da rica cidade do Vale do Paraíba foi palco de um enfrentamento entre policiais e moradores , durante uma operação para reintegração de posse.

Paula Miraglia: Sem solução, apenas violência

Famílias despejadas: Moradores têm dificuldades para reaver pertences

O local foi fotografado antes e depois da operação. Segundo as lideranças locais, 80% das construções do Pinheirinho são de alvenaria. A comunidade tem ruas, igrejas e comércio, em situação irregular. Um censo da Prefeitura de São José dos Campos mostra que 73,7% dos moradores vivem no local há mais de dois anos.

A reintegração de posse foi alvo de criticas de ativistas de direitos humanos, que acusam a polícia de se adiantar a uma negociação para a saída pacífica dos moradores. O governador Geraldo Alckmin prometeu apurar eventuais irregularidades.

Veja as imagens do Pinheirinho em São José dos Campos:


Leia outras notícias sobre o Pinheirinho:

- Secretário diz estar 'extremamente indignado' com ação policial em SP

- OAB de São José dos Campos diz que houve mortos em reintegração de posse

- PM prende 30 durante reintegração de posse em São José dos Campos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG